Objetivos

‐ Aplicar conhecimentos científicos, por meio de orientações de projetos, com alunos de ensino público, de níveis fundamental e médio;

‐ Introduzir, no aluno de graduação, o interesse pelo ensino e mostrar a esse aluno o lado educador, promovendo uma mudança na forma de enxergar o ensino como um todo e mudando o seu comportamento em sala de aula na universidade;

‐ Orientar alunos e professores do ensino básico, de escolas municipais e estaduais, no desenvolvimento de projetos científicos, contribuindo para o desenvolvimento da criatividade e da capacidade inventiva e investigativa dos estudantes;

‐ Estimular os estudantes de ensino fundamental e médio a conhecerem diferentes áreas do conhecimento e sua importância, de modo a aumentar o interesse e a motivação desses alunos em sala de aula;

‐ Divulgar à comunidade os trabalhos de investigação em ciências executados pelos estudantes ao longo de um determinado período de tempo;

‐ Proporcionar o intercâmbio entre os professores e estudantes do ensino fundamental e médio e os professores e estudantes de nível universitário juntamente com a comunidade visitante da mostra científica;

‐ Selecionar e motivar os melhores projetos da região para participarem de outras feiras de nível nacional, onde a capacidade técnica da equipe é desafiada e aprimorada;

‐ Contribuir para o desenvolvimento intelecto e pessoal dos alunos membros da equipe.

‐ Divulgar os projetos científicos realizados nas escolas públicas e particulares, em Guaratinguetá, através do desenvolvimento de uma exposição regional de ciências e engenharia;

‐ Estimular o planejamento e a execução de projetos por estudantes e professores de ensino público, incentivando o desenvolvimento da produção científica;

‐ Promover a cultura científica, disseminar e popularizar o método científico e de experimentação como ferramenta do conhecimento;

‐ Elevar o nível do ensino nas escolas, proporcionando aos estudantes um enriquecimento de seu processo de aprendizagem por meio de vivências de real experimentação científica;

‐ Contribuir para a formação pessoal dos jovens envolvidos, desenvolvendo conhecimentos para a vida, tais como: vontade de aprender, organização e concentração, senso de responsabilidade e autonomia, respeito às normas de convivência, facilidade de comunicação e capacidade de argumentação;

‐ Aumentar a representatividade dos alunos da região nas feiras de nível nacional, tais como a FEBRACE;